31 de dez de 2011

FELIZ ANO NOVO

Primeiro gostaria de desejar a todos  que visitam este site um feliz Ano Novo cheio de paz, serenidade, saúde e bem estar.

Segundo gostaria de terminar o ano em uma nota positiva.  Falando sobre o ego, o  passado, as sobras que existem atrás dos nossos pensamentos, o medo, as vezes não falamos sobre a positividade que também existe neste mundo.

Os gestos de amor, a ajuda que damos e recebemos diariamente seja em pensamentos, orações ou atos de bondade.  Quero celebrar as relações positivas que existem entre filhos, maridos, namorados, família,  amigos e amigas.  Quando estamos  sobre a influencia destes sentimentos, as luzes do universo ficam um pouquinho mais brilhantes, os anjos pulam de felicidade e a vibração do universo aumenta um pouco mais.

Desejo  a todos um Ano Novo cheio de luz, de paz e amor.

Que 2012 seja um ano de transformação para todos.  Que o Espírito seja a parte predominante dentro de si.  Que os sentimentos de perdão, o amor e cooperação sejam presentes a todos os momentos.

Amem

20 de dez de 2011

Ha pouco tempo escrevi um artigo sobre o Um Curso em Milagres e como o aprendizado pode ser feito.  Uma das coisas que falei foi o fato  de que podemos estudar em grupos ou sozinhos.  O treinamento da mente pode ser feito de uma maneira ou de outra.

Hoje li um email mandado por uma pessoa que cobra para ensinar,  dizendo que as pessoas nao devem estudar sozinhas porque estariam usando o mesmo processo mental que usaram durante as suas vidas, para aplicar os princípios.

Para aqueles que querem aprender os princípios, procurem pessoas que nao cobram, se quiserem formem um grupo, mas tenham cuidado.  Como em todas as profissões ( e esta nao deveria ser uma delas) existem os charlatans.

19 de dez de 2011

O NATAL COMO O FIM DO SACRIFICIO

Acredito que quando preciso ser relembrada de alguma coisa dentro de mim ou preciso passar adiante, a informação vem as minhas mãos.

Todos os dias abro o livro  em qualquer pagina do Um Curso em Milagres e leio pelo menos um parágrafo. Acredito que fazendo isto, eu  mantenho os ensinamentos vivos dentro de mim e também entro em contato com o meu Ser.
Hoje a pagina que abri foi no capitulo 15, parte XI com o titulo “O Natal como o fim do sacrifício.”  Como estamos na época de Natal, achei que a mensagem tem um valor duplo.  Não só porque sinto a mao divina nos ajudando mas também porque as palavras escritas são tão importantes.

Entre todas as palavras que li (recomendo ao leitor a ler o texto) a que decidi copiar foram as seguintes: 


“Nesse Natal, da ao Espírito Santo tudo o que iria ferir-te. (que pode lhe ferir). Deixa que sejas completamente curado, de modo que possas unir-te A Ele na cura e festejemos nossa libertação juntos, liberando todas as pessoas conosco.

Mais adiante continua Tu, que acreditas que o sacrifício e amor, precisas aprender que o sacrifício e a separação do amor.   Pois o sacrifício traz culpa com tanta certeza quanto o amor traz a paz.  A culpa e a condição do sacrifício, assim como a paz e a condição para a conscientização do teu relacionamento com Deus.  Através da culpa, excluis o teu Pai e os teus irmãos de ti mesmo.”

A culpa vem do passado.  A culpa e gerada pelo o ego.  Existe sempre aquela voz dizendo que poderíamos ter feito uma coisa melhor no passado, falado com alguém de uma maneira diferente, agindo melhor com os nossos pais, termos sido mais honestos nas nossas atitudes.  Enfim, a voz do passado esta sempre nos lembrando que poderíamos ter feito tudo melhor, e se tivéssemos levado uma vida diferente, reagido a vida de outra maneira e tivéssemos pessoas melhores a nossa volta, nos teríamos encontrado a felicidade.

Nesta época do ano, e um bom momento para deixar estas idéias erradas irem embora.  Aceitarmos que as experiências que estamos passando aqui foram escolhidas pelo Espírito para nos dar a chance de crescimento.  Mas que tudo que passamos, faz parte da ilusão.  Que existe uma maneira melhor de ver estes mesmas ocorrências nas nossas vidas. Precisamos deixar a idéia de sacrifício ir embora.

No instante santo, a condição do amor e satisfeita pois as mentes estão unidas sem a interferência dos corpos e onde ha comunicação, ha paz

Para obter esta paz precisamos pensar que não devemos continuamente trazer os problemas do passado para o presente.  Principalmente naquelas relações que temos com maridos, filhos e parentes, existem anos de convivência. Se existe qualquer sentimento de sacrifício  relacionado com uma relação, temos que avaliar a razão. O melhor e quando as mágoas do passado quiserem vir a tona pensar que o presente e tudo que importa.  Conscientemente evite trazer o passado para as conversas que tem com aqueles chegados a si.  Conscientemente tente pensar que dizendo, ou trazendo certas assuntos a tona, não ira ajudar a situação.

Requer pratica, mais os resultados obtidos começam a ser visíveis.  Parece que a outra pessoa começa de uma maneira inconsciente a responder a sua atitude.  As brigas e ressentimentos diminuem e a paz começa a existir.
Pense antes de acusar alguém de uma certa atitude, que existe um problema dentro de si, que esta chamando esta situação aos seus caminhos.  

Fazendo isto regularmente e pedindo ao Espírito Santo para lhe ajudar a ver a situação de uma maneira diferente, as coisas começam a clarear na sua mente.
O ego esta sempre disposto a causar tragédias, dramas, e tristezas.  Esta e a sua maneira de sobreviver.  E difícil deixar o passado ir embora e precisamos de ajuda universal.  Mas podemos fazer certas coisas, tomar certas atitudes, aprender certas técnicas para mudar a nossa maneira de pensar.  As vezes e muito mais fácil culpar outra pessoa dos problemas que temos, mas a longo prazo a mudança interna e que vai trazer serenidade.

Portanto pense o seguinte neste Natal, de renovação, de nascimento, de luz:

“Dizes então ao teu irmão:

Eu te dou o Espírito Santo como parte de mim mesmo
Eu sei que serás libertado, a não ser que eu queira usar-te para me aprisionar.
Em nome da minha liberdade eu escolho a tua libertação, porque reconheço que nos seremos libertados juntos.”
Amem
PARA OS LEITORES QUE VISITAM O MEU SITE


GOSTARIA DE PEDIR AOS LEITORES DESTE BLOG, SE PODERIAM DEIXAR UM COMENTARIO PARA QUE POSSA TER UMA IDEIA DE QUANTAS PESSOAS ESTAO LOCALIZADAS NO BRASIL.
MAIS UMA VEZ AGRADEÇO O SUPORTE QUE TENHO TIDO.  NAO PRECISAM ESCREVER MUITO, APENAS ME DIZER SE A MENSAGEM ESTA SENDO ORIGINADA DO BRASIL.  OBRIGADA

IF YOU ARE READING MY BLOG OUTSIDE BRASIL, PLEASE LET ME KNOW.  THANK YOU FOR YOUR SUPPORT.

15 de dez de 2011

QUEM ESTA MORANDO NA SUA CASA?

Hoje gostaria de falar sobre a lição # 160  “Estou em casa.  O medo e o estranho aqui.”

Esta lição nos diz que existe um impostor dentro de nos tentando roubar a nossa paz. Este impostor se alojou dentro do corpo, através de “pensamentos que pensamos pensar,” tirando a paz interna e ofuscando a Verdade. 

Quanto mais nos aproximamos da luz, da nossa essência mais este impostor entra em pânico, e fala mais alto.  O ego, a soma de todas as nossas experiências, não quer ir embora, quer permanecer lutando por seu lugar dentro de nos.

Por isto e tão importante pedir ajuda a mente ligada ao universo a cada momento, cada ação, para nos ajudar a permanecer dentro da proteção divina.

Estamos tão habituados a reagir aos problemas que esquecemos de dirigir as perguntas ao poder interno que temos.  Quando fazemos isto o que esta nos orientando e o medo. 

A diferença entre pedir com o coração, como disse antes, ou a mente que pensa, e ter um resultado positivo ou não. 

Durante varias passagens o Curso menciona que devemos pedir ao Espírito Santo, dentro de nos, uma resposta as nossas duvidas.  Mas só podemos fazer isto, quando os pensamentos forem aquietados, a paz interna e alcançada para então poder ouvir o seu Ser.

A melhor maneira de se ouvir esta Voz e através da meditação

Menciono muitas vezes que o caminho espiritual requer fe, coragem e perseverança.  E necessário lembrar que os hábitos, o apego que temos ao passado e muito forte.  Não queremos deixá-lo ir embora, estamos acostumados com o impostor morando na nossa casa.  Somos apegados e este impostor de maneiras que nem podemos entender conscientemente.  Por isto precisamos dar a chance de sermos guiados pelo universo  para este impostor ir embora.

Lembre-se que a Verdade, a intuição, a direção, a ajuda, sempre vem em formas que não tem relação aos pensamentos “indisciplinados" que permitimos, este dialogo incessante na nossa cabeça.  A Verdade vem de um lugar dentro de nos, quieto, cheio de sabedoria sempre disposto a nos ajudar.  Apenas temos que dar uma oportunidade desta sabedoria ser transmitida a nos.

Quando o impostor se sente ameaçado, com medo de ter que partir, deixar a casa que tem habitado ha tanto tempo, pode surgir muitos conflitos internos.   Apenas aceite como parte da jornada, peca ajuda, estenda a sua mao, e uma luz divina a guiara através da escuridão para a luz.  Não desespere.  

Entenda que existe uma luta interna que esta virada para a escuridão e resiste a luz.

Como psicóloga acho importante usar todos os recursos que a psicologia oferece.  Existem diversas maneiras da pessoa, junto com as ferramentas oferecidas pelo Curso, usar as ferramentas oferecidas pela psicologia para modificar a maneira com que a pessoa esta habituada a ver a vida.  A psicologia pode ajudar a pessoa a transformar a sua maneira de pensar.  Neurociência prova que o cérebro pode ser treinado a pensar e agir de uma maneira diferente. 

A entrevista e o artigo que coloquei no outro blog, Milagres da Mente podem lhe auxiliar nesta transição.

PSICOLOGIA E ESPIRITUALIDADE

Em uma das palestras que dei recentemente, uma pessoa me pediu para falar mais sobre psicologia do que espiritualidade, porque ela estava mais interessada na parte psicológica em relação ao Um Curso em Milagres.

Menciono a espiritualidade e psicologia nos meus artigos o tempo todo, porque acredito que o passado em geral, tenha ele sido bom ou mal, e o maior obstáculo para a nossa felicidade presente e futura.

Sem entender o que fazemos, estamos constantemente baseando o presente nas experiências passadas.  Quando fazemos isto cometemos um erro.  Dai para frente qualquer emoção que possamos sentir em referencia a experiência presente já foi influenciada pelo passado.  

Muitos podem dizer que as experiências passadas são úteis para tomarmos decisões no presente ou futuro. Eu discordo profundamente com esta maneira de pensar.  O ideal e tratar cada situação como uma nova experiência, livre das influencias passadas, que em geral são baseadas no medo.

Conheço pessoas que tiveram uma infância e juventude tão felizes, que como adultas encontram dificuldades de se adaptar as mudanças que naturalmente ocorrem na vida de todos. O núcleo familiar foi tão importante, que elas nao conseguem se identificar com o presente, sempre agarradas as memórias passadas.

Quando me refiro ao Curso como um treinamento psicológico, e verdade. As lições oferecem uma possibilidade de treinar a mente a pensar diferente.  As primeiras cinqüenta lições, ajudam o estudante a ficar ciente da sua maneira de pensar. 

Quando aprendemos através do Curso que julgamento,  projeção, medo, são emoções negativas que impedem a Verdade, o seu Ser de ser ouvido, estamos começando a identificar as nossas reações e pensamentos com o nosso comportamento.

O componente psicológico e importantíssimo porque facilita a pessoa a sair da ilusão.  Aprender que não e vitima das circunstancias mas responsável pelo que pensa e faz e importante, assim como saber que o  poder esta sempre dentro de si.  Para crescermos espiritualmente temos que saber o que esta escondido na escuridão das nossas mentes.

Entretanto, ficando ciente dos problemas  passados, não e suficiente para nos equilibrar e achar uma vida melhor.  Se  fosse o suficiente, este mundo seria muito diferente.

Saber que seu pai ou sua mãe contribuiu para os seus problemas e útil, fazer terapia e util.  Mas na minha opinião, se fosse o suficiente pelo menos metade da população mundial estaria no auge da felicidade.

Por esta razão, precisamos lidar com a parte psicológica e  espiritual.  Nos somos espíritos, unidos no universo, parte da energia universal.  Somos uma idéia na mente divina.  Somos espíritos de luz, com poderes ilimitados e eternos.  O amor para o espírito e o seu estado natural.

Quando vamos contra o que somos, a infelicidade e profunda.
Quando nos sentimos separados, isolados,  perdidos num mundo difícil,   amedrontados pela incertezas da vida, nao estamos vivendo o nosso potencial.  Sem estarmos cientes do poder interno,  vamos pela vida nos sentido desanimados.

Os místicos do Oriente,  vem ensinando a milhares de anos que o poder esta dentro de nos, que a forca, a energia do universo esta presente a todos os momentos. 

O Um Curso em Milagres, na sua sabedoria nos diz que se estivermos dispostos a mudar, e isto e importante, dispostos a mudar, que a mao divina se estendera para nos ajudar, oferecendo uma saída para a vida confusa que criamos.
 
A nossa única função como seres humanos e amar ao próximo.  

Imagino muitos dizendo: “ como posso pensar diariamente em amor, quando trabalho dez horas por dia, tenho que sustentar a minha família, meu filho esta doente, etc..”  Mas na verdade, quando nos comportamos de uma maneira autentica, estamos em sintonia com o universo.  Em vez de lutar contra corrente, começamos a participar da corrente de energia universal.  Quando isto acontece, as oportunidades que o universo tem para nos oferecer, virão aos nossos caminhos.

Entretanto, o amor  tem que ser praticado.  Se aprendermos a pensar que a pessoa na fila do supermercado e um espírito, desejar aquela pessoa luz, este e uma ato de amor.

Quando um criminoso mata alguém, em vez de julgar pense que não importa o que ocorreu, o espírito existe dentro da pessoa, mesmo que ela tenha permitido o ego tomar conta da sua mente.  Praticando o amor, através do Espírito Santo, da sua parte divina, e uma maneira de se chegar a forca divina.

Aqui esta um exercício para praticar no dia de hoje.

Imagine que dentro de si, atrás do seu coração, existe um ponto de luz, que representa o amor divino.  Imagine este ponto de luz se expandindo dentro de si, a sua volta abrangendo a todos que lhe rodeiam, a todos os seus amigos e inimigos.

Quando alguma coisa acontecer durante o seu dia que lhe aborreça, pense no ponto de amor que carrega e transmita este amor para a situação ou pessoa que esta causando este aborrecimento.   Reze para que a pessoa possa sentir este amor dentro de si.  Tente elevar a vibração do ego para o amor.

Esta e uma das maneiras de se praticar o amor.  Ele esta dentro de nos, temos apenas que entrar em contato com esta forca divina.  Com a nossa essência. Com o verdadeiro EU que somos.

O Espírito Santo, que e a parte da mente ligada a forca divina, trará aos nossos caminhos oportunidades de crescimento espiritual se estivermos dispostos.

INFORMAÇÃO

Coloquei uma entrevista e um artigo no blog Milagres da Mente. Obrigada
Para aqueles companheiros de jornada, gostaria de compartilhar o que descobri nos últimos anos.........

Como todos sabemos, uma jornada espiritual e uma viagem interna.  Esta jornada pessoal começou ha muitos  séculos atrás e provavelmente vai continuar por um tempo.  Pessoalmente, acho esta jornada uma aventura.  Adoro.  Muitas vezes pode ser dolorosa, dar medo e acima de tudo requerer fe e perseverança.  Mas no fim vale pena, porque a paz começa a substituir o caos interno.

Enquanto este processo vertical vai  progredindo, outra coisa vai acontecendo horizontalmente.  O coração vai se abrindo, a compaixão vai aumentando, o amor vai crescendo, a vontade de abrir os braços para incluir todos e tudo vai ficando cada vez maior.

Quanto mais a jornada vertical vai se aprofundando, mais aberta a pessoa fica para a vida.  O medo que parecia inabalável, vai perdendo a sua forca, dando espaço para o amor universal.

Quando esta abertura horizontal começa, o processo exige que os braços sejam abertos para receber a humanidade, o universo, os planetas, as plantas, as montanhas, os animais neste abraço gigantesco.   O sentimento de conexão e real e profundo.

De repente, no meio desta jornada comecei a entender que o que penso, sinto, faço, afeta a mente coletiva. Estou ciente que tenho muito que caminhar, mas sei também que esta viagem tem um fim.   

Sou muito grata ao universo por esta experiência.  Para aqueles que começaram a estudar o Curso, ou não, desejo que seus caminhos sejam cheios de luz e alegria. 

PENSAMENTO DO DIA



Lição 162  "Eu sou como Deus me criou"

“Esse único pensamento mantido na mente com firmeza salvaria o mundo”

Colocando este pensamento em pratica o Ser pode transformar o caos interno em paz.

Tente no dia de hoje, aquietar a sua mente.   Traga a mente para o presente.  Pense na frase acima.  "Eu sou como Deus me criou"  

Toda vez que o medo surgir e seus pensamentos parecerem controlar a situação, seja em qualquer área de sua vida, pare e volte ao presente.  Peca ao Espírito Santo, a sua mente sã, o seu Ser, para lhe mostrar a verdade da situação.

Este exercício não e fácil de se praticar, porque estamos sempre dando poder ao que esta se passando no mundo para nos guiar. Mas tente.  Repita dentro de si, "Eu sou como Deus me criou," me mostre a verdade Pai, me mostre como devo seguir daqui para frente.

Acreditamos que controlar o que pensamos esta alem do nosso poder, mas não e verdade.

Coloque os pensamentos circulando na sua mente de lado.  Mesmo que seja por um instante.  Faca este instante ser sagrado.  Estenda a sua mao   para que Deus possa tocá-la.  Sinta a paz interna que e sua por direito divino.

Cada pensamento, cada decisão feita pelo o ego na sua mente, existe uma outra realidade.  Pare, chame o Espírito Santo e peca  para lhe mostrar esta verdade. 

Lembre-se que o Curso ensina que existe apenas uma mente. Que somos uma ideia na mente de Deus.   Quando estamos em paz, quando a mente esta quieta recebendo a luz do universo, estamos elevando a vibração do planeta e influenciando a mente coletiva.

Quando não estamos no medo, não estamos participando da insanidade coletiva.
 
Estamos numa transformação mundial no momento.  Para aqueles que estudam o Curso, a maneira de ajudar e elevando a vibração universal para que as forcas do medo não sejam a forca predominante.  Tudo que temos que fazer e praticar a paz.

DEIXANDO O PASSADO IR EMBORA

DEIXANDO O PASSADO IR EMBORA

Muitas vezes escrevo sobre as dificuldades que temos em deixar o passado ir embora.

Dando um exemplo do que aconteceu comigo, talvez possa ilustrar o medo  e a dificuldade que senti tentando largar o passado para trás 

Ha dez anos atrás eu comecei a estudar Um Curso em Milagres. Depois de um mês  a minha vida começou a mudar.  Uma das decisões que tomei foi de participar das reuniões de Al Anon, dos doze passos. Como disse anteriormente, estes dois programas mudaram a minha vida completamente. 

Acho que as vezes indo ao fundo do poço pode ser uma lição dura, mas se deixarmos o universo nos reerguer os resultados são  positivos.  Isto foi o que aconteceu comigo.  Cansada de tentar viver sobre a vontade do ego eu decidi dar a mao para o universo me erguer.  

Meu pai foi uma pessoa maravilhosa, alias uma das melhores pessoas que conheci na minha vida, mas sofria de uma doença horrível, alcoolismo.  Vivendo neste tipo de ambiente me afetou profundamente, em maneiras que eu nem podia imaginar. Ate ouvir outras estorias  contadas por outras pessoas que passaram por experiências semelhantes foi que comecei a entender como pensava e como o ambiente que cresci tinha me afetado. 

Os benefícios que obtive indo a Al Anon foram tão positivos que por mais de cinco anos  participei quase que diariamente de suas reuniões. 

Imediatamente comecei a fazer os doze passos.  Escolhi uma amiga do grupo de Um Curso em Milagres para servir de líder e comecei a fazer os passos. 
Depois de fazer o inventario da minha vida no quarto passo e ler para ela  no quinto,  fiz uma lista de meus defeitos de caráter no sexto e no sétimo tinha que pedir ao universo para remover estes defeitos de mim. 

Quando cheguei no sétimo passo, empaquei.  Senti uma resistência enorme para pedir que os defeitos fossem removidos.  No começo não entendi porque estava fazendo isto, desde que os outros passos tinham ido tão depressa.

Na minha mente, inconscientemente, eu estava com medo de deixar o passado ir embora, para coisas novas se abrirem a minha frente. Toda vez que pensava em pedir eu via a minha frente um vazio, como se fosse um buraco se abrindo.    Tinha medo que as coisas mudassem e eu perdesse controle da situação.

Esta reação e muito comum entre aqueles que praticam o programa.  Ficamos com medo de deixar o passado  ir embora, mesmo  sabendo que os hábitos, as fantasias que criamos quando pequenos para sobreviver estes ambientes, tem causado tristezas imensas quando nos tornamos adultos.

Levei sete meses para finalmente confiar que o universo estava tomando conta de mim e acreditar que não poderia ser pior do que o passado tinha sido.  

Temos medo de desaparecer, de perder as memórias boas e mas, do futuro, dos nossos dramas, de mudar a vida que temos por pior que seja por outra desconhecida.  Não temos fe que o universo esta sempre tomando conta de nos se permitirmos. Estas barreiras que temos contra mudanças não são claras dentro de nos.  Leva-se tempo para descobrir o que estamos fazendo.  E muito sutil.

Mesmo hoje em dia, com todo o treino que tenho,  muitas vezes me dou conta que em algum aspectos ainda tenho medo de uma mudança.  Mas porque estou tão treinada a ver os truques do meu ego eu dou um chega pra la nele e prossigo o meu caminho.

Porem a idéia que controlamos a nossa vida e uma piada.  Não deixando o universo  usar sua energia livremente para nos levar ao tapete mágico, estamos como crianças sendo empurrados para a frente gritando e esperneando, em vez de caminhar com calma e fe de que a todos os momentos existe uma forca nos pegando pela mao para nos guiar na estrada da vida.  Por causa desta resistência muitos de nos acabam indo parar no fundo do poco  e outros não são felizes ou infelizes mas levam uma vida desejando alguma coisa dentro de si que não podem definir.   

Outro dia eu escreverei sobre as sombras dentro de nos e o que acontecem quando não queremos prestar atenção a elas.

Temos que levar o caminho espiritual seriamente, escolher viver na luz ou na escuridão, atrás das nuvens.  A escolha e nossa.  Ser carregado gritando e esperneando ou andando para a luz.  Feche os olhos e imagine o amor que existe a sua volta e dentro de si.

Amem

11 de dez de 2011

QUESTÃO DO DIA

Onde esta a mente e onde esta o cerebro?

8 de dez de 2011

UM CURSO EM MILAGRES

O Um Curso em Milagres veio a mim através de uma amiga.  Sinto que não escolhi estudar o Curso mais o Curso me escolheu.

Desde muito cedo decidi que tudo que aprendesse nos próximos anos eu passaria adiante no Brasil.

Ultimamente tenho feito isto.  O que prometi a mim mesma e ao universo eu tenho aos poucos cumprido, isto e, passar o que aprendi adiante, para aqueles que querem e estão a procura de informações sobre o Curso.

Com esta idéia na mente gostaria de passar adiante as minhas experiências nestes últimos anos e o que aprendi com pessoas que considero estudantes avançados do currículo.

Primeiro, nunca paguei um tostão para aprender o Curso.  Existem milhares de grupos espalhados pelo pais.  Eles se reúnem, as vezes duas pessoas, outras vezes quinze ou vinte. Quando uma duvida ou uma explicação e necessária, cada um da a sua opinião. Muitas vezes estes grupos são liderados por uma pessoa que tem praticado os seus ensinamentos por alguns anos.  Mas não e necessário.

Quando os estudantes se reúnem em grupos o ideal e cada um ler um parágrafo. Quando    só uma pessoa le o livro e os outros ficam ouvindo, a tendência e deixar a mente voltar para a sua vida cotidiana.  Alem disto, o Curso e complicado e muitas vezes no fim do  dia quando estamos cansados, ficar ouvindo apenas uma pessoa lendo o texto pode se tornar muito chato. Quanto mais participação melhor.   Muitas pessoas aprendem o Curso sozinhas.

O mais importante e entender que o Um Curso em Milagres não e um tipo de livro que você le, faz as lições e coloca de lado.  Conheço gente que estuda o Curso ha mais de trinta anos.  Nunca pensei que deixaria de estudar ou parar.  Alias estudo o Curso todos os dias, pelo menos um parágrafo.

Como expliquei ha pouco tempo, o Curso e escrito de uma maneira circular.  Isto e, a informação e repetida de varias maneiras, cada uma delas com o tempo vai se aprofundando dentro da pessoa.

Em realidade o que esta acontecendo e que o ego esta sendo colocado de lado aos poucos, a luta interna de permanecer a parte predominante da mente esta enfraquecendo, e a parte sadia esta começando a ficar mais forte. Exatamente por esta razão, o estudante que esta a procura de um crescimento espiritual constante e permanente precisa estudar o Curso regularmente.

Estes ensinamentos precisam fazer parte da sua vida de uma maneira profunda.  Mesmo aqueles que estudam ha mais de trinta anos, sabem que o aprendizado e para o resto da vida.  Muitos de nos repetimos as lições todo ano. 

Quando leio que o Curso  pode ser feito em um ano, eu me preocupo.  Outra coisa que me preocupa e como  o Curso se tornou popular no Brasil. Sabemos que não e para todos.  Nenhuma religião ou filosofia e para todos.

Gostaria de ver estes grupos surgindo de uma maneira mais orgânica, para manter a integridade do Curso. Cada um tem o seu caminho espiritual para caminhar, se o Curso não for o seu tenho certeza que existe outro.

Outra coisa que tenho problema e o aspecto monetário.

Marianne Williamson, por exemplo, durante oito anos deu palestras e nunca cobrou um tostão.  O primeiro dinheiro que ela ganhou em  relação ao Curso, foi quando depois de oito anos ela escreveu o livro Retorno ao Amor.

Ate hoje ela da uma palestra toda a semana, que eu participo, e cobra 15.00 dólares para aqueles que podem pagar, do contrario a pessoa entra de graça.

Ela cobra entrada para eventos específicos e para sessões particulares, seminários, etc. 

O Um Curso em Milagres não foi criado para enriquecer uns poucos as custas de muitos. 

O propósito foi de iluminar e ajudar o ser humano e se desenvolver espiritualmente.

Para aqueles que podem entender inglês, mandem um email e darei um endereço onde podem aprender de graça mensagens vindas diretamente da Fonte.

Blessings.

28 de nov de 2011

ACIMA DO CAMPO DE BATALHA

Tenho certeza que cada um de nos tem uma passagem preferida no texto do Um Curso em Milagres.  Para mim uma das passagens mais bonitas, que me toca profundamente, se chama “Acima do campo de batalha”

Pensei em compartilhar estas idéias com vocês, mesmo sabendo que muitos já leram e usam estes ensinamentos nas suas vidas. Mas para aqueles que ainda não leram ou não estudam o Curso, espero que lhe ajudem.

O campo de batalha e a vida que vivemos.  Defesa e ataque. Participando no drama diário as vezes esquecemos que existe uma maneira de sair deste roda moinho.

Quando estamos dispostos a achar um caminho melhor para percorrer, este desejo e atendido.  Quando aos poucos começamos a nos desprender das idéias do passado, o universo começa a mostrar outros meios, outras maneiras de andar nesta estrada escolhida.

Quando aceitamos que o corpo e apenas um instrumento de comunicação,  que a realidade e imutável, que o amor pode substituir o medo, que existe uma outra maneira de se ver este mundo,  estamos no caminho certo.

Ver a vida “Acima do campo de batalha”  nos e oferecido pelo Espírito Santo, que a nossa parte divina, como uma opção.  Estar acima do campo de batalha significa que entendemos que existe esta opção.  Podemos participar da batalha, ou podemos ir para a montanha e olhar a batalha de um ponto mais alto. A nossa parte e reconhecer que existe uma outra saída.

Este e o reconhecimento de que, o que estávamos acostumados a participar sem pensar nas conseqüências, e apenas uma ilusão.  Podemos ver a futilidade desta luta constante que vivemos neste planeta.

A passagem que mais gosto e a seguinte: “ Quando a tentação de atacar surge para fazer com a que a tua mente se torne escura e assassina, lembra-te que podes ver a batalha do alto.  Mesmo em formas que não reconheças, os sinais tu conheces.  Ha uma punhalada de dor, uma pontada de culpa e acima de tudo, a perda da paz.  Isso conheces bem.  Quando essas coisas ocorrerem, não deixes o teu posto no alto, mas rapidamente escolhe um milagre em vez do assassinato (isto e, o ataque) E o próprio Deus e todas as luzes do Céu gentilmente irão inclinar-Se para ti, sustentando-te no alto.  Pois escolheste permanecer onde Ele quer que estejas e nenhuma ilusão pode atacar a paz de Deus junto com Seu Filho.”

O significado e muito simples.  Quando a pessoa começar a discernir a ilusão da realidade, se recusar a participar das raivas, da separação, da mediocridade espiritual, existe uma escolha.

Em termos psicológicos, o passado esta começando a perder a sua forca, abrindo uma porta para outra maneira de pensar e agir.

Lição #339 Receberei o que quer  que seja que eu peca.

"Ninguém deseja dor.  Mas pode pensar que a dor e prazer.  Ninguém quer evitar  a própria felicidade.  Mas pode pensar que a alegria e dolorosa, ameaçadora e perigosa.  Cada um recebera o que pedir.  Mas, de fato, pode ficar confuso quanto as coisas que quer e ao estado que almeja atingir.  Assim, o que pode ele pedir que ainda queira quando a receber? Pediu o que o assustara e lhe trará sofrimento.  Decidamos, hoje, pedir o que realmente queremos e nada mais para que possamos passar esse dia sem medo, sem confundir a dor com a alegria ou o medo com o amor."

Pai, esse e o Teu dia.  E um dia em que não quero fazer nada por mim mesmo, mas ouvir a Tua voz em tudo que eu fizer, pedindo apenas o que me oferecer, aceitando apenas os Pensamentos que compartilhas comigo.

Quando nos encontramos confusos, perdidos, sem saber que caminho percorrer ou mesmo quando nos sentimos certos do que estamos fazendo, precisamos parar e nos perguntar se estamos fazendo aquilo que e para o nosso bem.  O próximo passo e pedir ao nosso Ser, a parte direita da nossa mente ou ao Espírito Santo, que nos oriente.  Ou pedir diretamente ao Pai, para nos esclarecer e tomar conta do problema.

Como o Curso diz acima, estamos sempre sobre a influencia do passado.  Sem muitas vezes entender as razoes das nossas ações, estamos de alguma maneira repetindo o passado.  Por termos criado um sistema extremamente complexo dentro das nossas mentes, e muito difícil de se entender as razoes atrás de cada decisão, cada desejo. 

Mas a parte intocável, divina, sabia, pode nos orientar.  Mesmo quando ouvimos esta Voz, muitas vezes optamos pelo ego.  Quando isto acontece, estamos conscientemente escolhendo,  sabendo que vamos nos machucar com a decisão que tomamos.  Este e o poder do ego.
Mas com a pratica, se torna quase instintivo, pedir ao Espírito Santo para nos mostrar o caminho.  Eventualmente através da pratica e dos resultados, se torna mais fácil viver desta maneira.

AMOR

Hoje eu perguntei ao meu Ser o que deveria escrever no meu blog.  A resposta foi ...amor.
Como geralmente ouço a Sua voz , aqui estou eu escrevendo sobre amor. 

Amor tem sido sempre um assunto vasto.  Desde da Idade Media, quando os trovadores começaram a cantar musicas sobre o amor entre duas pessoas, o amor passou por uma transformação no Ocidente.  Em vez de o amor ser definido como uma causa religiosa, o amor passou a ser uma experiência entre dois seres.

Para o Um Curso em Milagres, existem dois níveis bem distintos.  O amor que sentimos sobre a influencia do ego e o amor universal que sentimos através do nosso Ser.

O amor pode nos levar ao céu ou ao inferno.  Pode nos levar a felicidade ou ao desespero.  O amor quando não e dado,  pode nos levar a um profundo sentimento de rejeição ou quando dado ou recebido sem condições, pode nos levar a realização da nossa alma.  Este amor e sempre dependente das circunstancias, das forcas externas.

Para o desenvolvimento espiritual e psicologico ocorrer,  temos que treinar a mente a perdoar aqueles que julgamos serem culpados das nossas dores e infelicidades, assim como aqueles que nos dão uma felicidade temporária.  O perdão, o instante santo, representa a sua rejeição do passado e a aceitação de que existe uma maneira melhor, mais justa de se ver a pessoa.

Quando formos capazes de olhar para um ser que pensamos ter nos ferido e vermos esta pessoa em toda a sua gloria, ao mesmo tempo reconhecendo que o presente e tudo que importa no momento, um grande milagre ocorreu.

A definição de amor dada pelo Curso e a seguinte “ e a essência de Deus, o relacionamento entre Ele e suas criações, que são eternas e imutáveis; alem de definição e ensinamentos,  que só podem ser sentidos  e reconhecidos uma vez que as barreiras criadas pela culpa possam ser removidas através do perdão.”

O perdão só pode ser dado quando reconhecemos que as pessoas que se aproximam de nos estão nos prestando um serviço, um ato de caridade.  Quando vemos os nossos irmãos desta maneira,  estamos finalmente entendendo que a razão da infelicidade que sentimos, são causados pela maneira como pensamos e as acusações que fazemos contra nos mesmos.

Existe sempre uma ressonância interna quando alguém se aproxima de nos.  Ao mesmo tempo, existe um pedido de ajuda vinda da pessoa que passa pelos nossos caminhos.
Quando ouvimos este pedido, (cry for help), a tendência e de julgar a situação e tentar ajudar a pessoa.   Neste caso a melhor solução e parar, chamar o Espírito Santo e pedir a Sua ajuda.

Quando pedimos ao Espírito Santo para mostrar o caminho para o nosso irmão, nos estamos em essência pedindo ajuda para nos mesmos, desde de que existe apenas um problema e uma solução para todos nos. De acordo com o Curso so existem duas emoções, o amor ou o medo.

Para crescermos espiritualmente, temos que treinar a mente a ver alem do que se apresenta diante de nos.

O Amor,  no nível do universo, precisa ser desbloqueado, elevado, refinado, para que eventualmente seja sentido .   A existência de conflitos, ressentimentos, antipatias, ódio, impedem de o amor vir a tona 

O amor une, revela, trata bem, sente compaixão, sente união, quer se expandir, quer abraçar a humanidade, fazer parte de um todo.  O amor que Deus nos deu, aceita as falhas do ser humano,  aceita que a vibração de amor esta acima dos conflitos existentes.

O amor quando permitido vir a tona, só quer o bem, ignora a malevolência, a pequenez e a mediocridade.  Quando o amor surge mesmo que seja por pouco tempo, a vida toma uma nova direção, um novo rumo. 

Mas para isto acontecer, temos que tomar responsabilidade por nossas ações, nossos pensamentos.  Acreditar que existe uma riqueza interna, capaz de nos elevar, de nos tirar destas lutas, dos dramas, para a luz.

A melhor maneira de se encontrar paz e meditando.  Outra maneira e escolher um santuário, de preferência, um lugar onde a natureza promove o sentimento de conexão com tudo e todos.  A energia que existe no universo esta a nossa volta, dentro de nos.  Quando aprendemos a unir a nossa energia com a do universo e da forca divina, nos fazemos parte de um todo, deixando a pequenez para trás.

Amem

13 de nov de 2011

RELACIONAMENTOS (MAGUAS E RESSENTIMENTOS)




Para o ser humano poder viver uma vida de estabilidade emocional ele precisa aprender a se relacionar com outros seres humanos.  Este processo só pode ocorrer quando ele começar a entender que suas reações em relação as outras pessoas e diretamente ligado a suas emoções.

Sejam as emoções positivas ou negativas,  a sua origem e sempre interna.  Uma das emoções mais negativas e a acumulação de ressentimentos e mágoas dentro de si e os efeitos destes sentimentos causam a longo prazo.

Manter ressentimentos causa o fortalecimento do ego.  Quando as mágoas tomam conta da nossa mente a divisão interna ocorre, causando uma forca difícil de se reprimir.

Qualquer que seja a razão do ressentimento,  o efeito e sempre o mesmo.  A percepção de isolamento,  de solidão, a luta para sobreviver num mundo difícil são uns dos resultados que a separação causa.

Enquanto estas emoções estão dominado a mente, o Ser  permanece quieto dentro de nos.  Se deixarmos, o ego toma conta da mente, achando cada vez mais pessoas e situações para dar vazão ao seu poder.

Quando isto acontece o sentimento de tristeza, de injustiça e imenso.  Nos sentimos sozinhos num mundo que parece cruel, cheio de pessoas que não nos compreendem ou nos aceitam.

Como podemos transformar esta maneira de pensar?

Mudando conscientemente a nossa maneira de reagir aos outros.  O primeiro passo e conscientemente pensar que todas estas emoções fazem parte da ilusão, que a única verdade e que somos um Ser.  Não existem mágoas ou ressentimentos para o Ser.   Somos todos ligados por uma luz radiante,  a energia do Amor.

Um dos exercício mais poderosos do Curso “O Amor não guarda mágoas” (68),  e imaginar todas aquelas pessoas que pensamos sentir mágoas, que provavelmente são todos que entramos em contato, como pessoas boas, amigas dispostas a nos dar amor.
Pense em cada uma delas como amigas. “Quero ver-te como meu amigo para que eu possa me lembrar que es parte de mim e vir a conhecer a mim mesmo.”

Lembre-se que tudo que vemos e uma projeção do que sentimos.  Todas as relações que carregam mágoas e ressentimentos, e uma reflexão dos sentimentos internos que carregamos.

Estando ciente do que fazemos, podemos aos poucos transformar este pensamento de separação para um de  união.   Imagine que mundo lindo podemos um dia ver, se todas os pensamentos que estão na sombra um dia se dissiparem.

Uma das maneiras que podemos encurtar o caminho que percorremos e praticando as lições do Curso.

Estas lições nada mais são do que um treinamento psicológico da mente.  Aos poucos as lições vão abrindo uma nova visão, uma nova maneira de pensar.

Toda vez que um julgamento vier a sua mente, um sentimento de mágoa surgir internamente, peca ao universo para lhe mostrar uma maneira diferente de ver a pessoa ou a situação.  Em vez de usar os mesmos pensamentos negativos que estamos acostumados para interpretar as situações,  abrimos uma outra possibilidade de ver a mesma situação de uma maneira mais positiva.

Em vez de bloquearmos uma outra alternativa para cada problema que pensamos ter,  começamos a fazer o oposto.

Temos que treinar a mente para pensar de uma maneira diferente.  Para isto existem muitos exercícios para se obter este estado.  Mudando a maneira como reagimos aos acontecimentos externos e um sinal que estamos mudando internamente.

29 de out de 2011

RELAÇÕES ESPECIAIS

Este artigo faz parte de uma serie de artigos sobre relacionamento que estou planejando escrever.  O primeiro e sobre relações especiais,  o próximo será sobre o instante santo.


Quando penso que aprendi um principio, que entendi perfeitamente o que foi explicado, um  parágrafo, uma  pagina lida outra vez, outro dia, meses depois, me mostra que na época aprendi no nível que me encontrava naquele momento.  Mas com o passar do tempo o meu entendimento se expande e uma nova dimensão em relação aos ensinamentos se abre a minha frente.  

Se o estudante notar, o Um Curso em Milagres repete os seus ensinamentos varias vezes e de diversas maneiras. Cada vez entendemos o mesmo principio um pouquinho mais profundamente.

A impressão que tenho estudando o Curso e de estar descendo um caminho circular no formato de uma mola. Cada volta que dou o meu entendimento dos ensinamentos se tornam mais profundos e vou um pouco mais dentro de mim para abrir a porta do ego.

Praticar estes princípios e difícil e por esta razão nos falhamos muitas vezes.  O importante e estar exercitando o músculo espiritual. Cada vez que tentamos, ele se torna um pouco mais forte.  O que era difícil no passado aos poucos vai ficando mais fácil.

Mas vamos  falar sobre “relações especiais”  Este e um problema inerente do ser humano sobre a influencia do ego.

O que significa uma relação especial?

Relações especiais fazem parte da nossa ilusão, simplesmente por elas serem baseadas no ego.  Se estas relações não existissem, o ego não poderia sobreviver, porque ele e alimentado pela projeção.

Lembre-se de que o ego foi criado por você baseado nas suas experiências passadas.

Uma das características do ego e estar sempre a procura de sua identidade. Não se sentindo completo, esta sempre a procura de situações ou pessoas que confirmem a sua existência.

Qualquer relação especial carrega a culpa.

Por nos  sentirmos incompletos como seres humanos  estamos sempre em busca daqueles aspectos da personalidade que acreditamos precisar para nos completar.

Sem entender que estamos projetando o que pensamos ser,  em cada pessoa  escolhemos características que pensamos gostar ou não.

Para o ego estas pessoas refletem o que sentimos. Elas são usadas para preencher uma necessidade interna.

Para este processo o corpo, tempo e espaço são essenciais.

Este e um ponto extremamente importante de se entender.  Parte da ilusão e pensar que existe alguma coisa fora de nos.  Porem fora de nos não existe nada.  Tudo que vemos e uma projeção.

O ego esta sempre a procura de realização, de satisfação.  Para a sua  sobrevivência esta sempre projetando nas pessoas partes de sua personalidade. 
Criando estas relações nos estamos tentando nos definir como pessoas. 

Fazemos ate relações especiais conosco. Assim podemos sempre nos comparar com superioridade ou inferioridade aos outros.

Esta projeção cria uma pessoa que não existe.  O resultado da nossa imaginação.  Sem saber, vamos escolhendo partes diferentes de pessoas diferentes para formar um todo.
Quando encontramos uma pessoa não a vemos como ela e, mas projetamos aquilo que  queremos que ela nos ofereça.  Criando assim uma relação ilusória.

O problema e que se sentirmos alguma mudança na pessoa que temos estas “relações especiais” imediatamente nos sentimos instáveis.  Ela nos sacode internamente. 

Estes sentimentos provocam medo, inseguranças e tristezas entre muitas outras emoções. Imediatamente sentimos que a pessoa que gostamos esta nos traindo de alguma forma.  E por ai vamos pela vida afora nos sentindo vitimas das circunstancias e isolados.

O grande desafio neste mundo egoico e começar a pensar de uma maneira diferente.

O Curso menciona que as relações especiais que temos com certas pessoas nesta terra, são respeitadas pelo o Espírito Santo. O universo entende que para nos e difícil pensar em termos de amor universal.  E quase que impossível  pensar que poderíamos amar um filho da mesma maneira que amamos um vizinho.  Um dia e exatamente isto que vai acontecer, mas no momento pensamos em termos do ego.

 As relações mais difíceis são exatamente as que temos com família e amigos chegados.

A razão desta dificuldade e porque estas relações, como expliquei acima,  nos definem.  Elas de alguma maneira estão refletindo o que pensamos ser. Existe uma resistência interna enorme para deixar os nossos entes querido serem libertados desta ilusão.

Sobre a influencia do ego e muito difícil  ver as pessoas como elas são.  Estas relações especiais causam as pessoas que mais amamos ficarem acorrentadas a nos através de idéias falsas.  Como?  Não permitindo que elas  sejam as pessoas que devem ser.  Nos a vemos através do medo, não do amor.
Com os nossos pensamentos nos acorrentamos as pessoas.  Eles merecem ser livres.

Estando consciente do problema, podemos nos livrar do passado, das dores que nos acorrenta.

A nossa sorte e que temos  o Espírito Santo para nos ajudar, se permitirmos.  Ele leva estas relações a um nível divino impossível de se compreender, criando possibilidades entre todos envolvidos.   Como sempre o Espírito Santo toma em consideração o bem estar de todos." Onde as demandas do ego existem o Espírito Santo traz o amor."  Não podemos pedir um milagre maior do que este.

Um dos grandes obstáculos para o crescimento espiritual, e o  desejo inconsciente de permanecer da mesma maneira.  Usamos truques, resistimos, usamos desculpas pelo nosso comportamento e acusamos outros de nossas falhas.

Mas se continuarmos usando os músculos espirituais e continuamos chamando o Espírito Santo, mesmo que seja para decidir que cor de sapato devemos comprar, aos poucos nos vamos nos livrando das correntes.

Amem

23 de out de 2011

EMOÇÕES E PENSAMENTOS

Nos meus artigos anteriores intitulados  “Crescimento Espiritual” e a “Resposta Silenciosa,”  ofereço algumas sugestões para encurtar o caminho espiritual que estão percorrendo. Muitas vezes somos relembrados que praticando os ensinamentos do Curso o estudante esta encurtando o tempo para chegar ao fim do caminho.

Agora eu gostaria de falar como podem transformar emoções em pensamentos e absorver estas emoções nas profundezas do seu ser, para que esta verdade passe a ser parte de si.

O Curso fala sobre os “rays of light,” os raios divinos que temos na área do coração. Estes raios podem crescer ou diminuir dentro de nos de acordo com a nosso crescimento espiritual.

Neste contexto eu gostaria de dar mais uma informação que sinto ter me ajudado profundamente. 

Alem de ler o texto e praticar as lições existe uma outra maneira de se expandir internamente.  Precisamos trazer as preces, as afirmações, as lições diárias para o nível do coração.  Geralmente nos rezamos pensando com a cabeça. Tente pensar com a região do coração.  Este e o lugar onde o  "rays of light" estão localizados.

Quando sentimos com o coração nos criamos uma emoção e esta emoção se torna um pensamento.  Assim fazendo nos interiorizamos de uma maneira muito profunda o que aprendemos. 

As orações, os pedido de esclarecimento durante uma meditação se transformam quando pensamos com o coração.

Fazendo isto nos vamos saindo do nível do ego para o divino.  

Devoção e outra palavra que vem a minha mente.  Para meditarmos nos temos que investir esta mesma devoção.  A técnica e uma parte da meditação mas a devoção e que  nos leva diretamente a energia divina.

Quando isto acontece você sabe imediatamente que a sua mente esta na luz.

Com a pratica estas emoções se tornam mais profundas e a fe se expande.


Amem.

18 de out de 2011

INFORMAÇÃO

Prezados leitores,

Primeiro gostaria de agradecer o apoio que estou recebendo de voces.  As visitas ao meu site e blogs tem sido contante.  Me sinto muito honrada em poder ser parte deste plano universal.

Segundo gostaria de lhes dizer o que estou planejando fazer nas próximas semanas.

No blog Harmonia e Paz vou postar uns artigos sobre relacionamento e perdão.  Acho que vale a pena investir tempo discutindo como podemos fazer para melhorar o nosso relacionamento, especialmente com as pessoas mais chegadas a nos.

No outro blog Milagres da Mente estou planejando colocar duas entrevistas muito importantes.  Uma delas e com a pessoa que foi durante anos a minha mentora espiritual, e com quem aprendi muito.  A entrevista vai ser sobre milagres.

A outra entrevista e com uma especialista dedicada a ciencia da felicidade.

Esta e uma área nova da psicologia que esta obtendo grandes resultados no momento.  Ela viaja o pais inteiro dando palestras sobre o assunto.

Esta entrevista e muito especial para mim porque a especialista e minha filha, Michelle Gielan.

Outra entrevista que vou postar em breve sera com  Marianne Williamson, que me prometeu tirar um tempo no seu dia super ocupado para dar esta entrevista.

Eu sei que estão muito interessados no blog relacionado ao Curso.  Mas gostaria de dizer que a psicologia e a espiritualidade fazem parte do nosso caminho espiritual.
Falo isto porque o numero de pessoas que visitam o site do Curso e tres vezes maior do que as que visitam o site dedicado a psicologia.  Se tiverem um tempinho visitem os dois sites.

A ultima coisa que gostaria de dizer e que as vezes o meu portugues e meio americanizado Peco desculpas mais depois de quarenta e tres anos morando aqui sem falar portugues, as vezes nao e fácil.  Estou tentando remediar este problema. Tenho uma amiga que me ajuda mas as vezes como agora nao tenho tempo para esperar a correção e estou postando assim mesmo.

Se tiverem perguntas especificas sobre alguma coisa que escrevo por favor mandem um email e tentarei responder da melhor maneira possivel.  Estarei no Rio, Sao Paulo e Ceara, em abril e maio/2012 para dar palestras e avisarei a onde.

Um abraco carinhoso

Barbara

17 de out de 2011

REALIDADE VS ILUSAO (SEGUNDA PARTE)




O meu último artigo foi sobre  Realidade vs Ilusão . Decidi continuar a conversa expandindo mais sobre o mundo real e o seu significado.

Uma das coisas que mencionei foi que existem duas maneiras de se ver este mundo em que vivemos.

Uma é através da mente egóica que ainda está carregando dentro de si muitas sombras e experiências do passado.

A outra maneira de ser ver este mundo é chamado de o mundo real.

Este mundo real não é a realidade do universo.  Ainda simboliza a percepção.  Mas esta maneira de se ver o mundo à nossa volta é diferente.  Sem carregar tantas mágoas, ódios, raivas, ressentimentos, enfim sem estar tão ligada as dores passadas, a visão muda.

Um mundo mais beneficente começa a ser visto através de uma percepção baseada no amor.

“O mundo real possui uma contrapartida para cada pensamento infeliz refletido no seu mundo; uma correção certa para as cenas de medo e para os sons de batalha que o seu mundo contém.”

Aos poucos usando o perdão como uma maneira de se limpar interiormente, não sentimos a necessidade de ver um mundo adversário, cheio de negatividade.

Em realidade começamos a vibrar em uma nova dimensão onde a compaixão e o amor começam a substituir os sentimentos de medo.

Este processo não acontece da noite para o dia.  Mas aos pouquinhos esta visão começar a ser uma realidade. 

“O mundo real é o símbolo de que o sonho do pecado e da culpa terminou e o filho de Deus não está mais dormindo.”

Este é um processo viável.  Posso com certeza testemunhar que esta possibilidade existe.  Como disse anteriormente, os meus dias são muito mais cheios de paz do que de conflito.

De alguma maneira o universo está começando a refletir o que penso internamente. E quando saio da paz para o conflito eu sinto o universo parando e esperando para me ajudar novamente.

Como uso este processo?  Peço todas as manhãs (às vezes me esqueço) para ver o dia a minha frente através da Sua visão.  Isto é, eu peço a parte divina dentro de mim que está sempre em contato com Deus, o Espírito Santo, que seja a parte de controle da minha mente.  Daí para frente os meus dias são muito mais tranquilos.  Isto nao quer dizer que os problemas nao existam mas o drama e removido e as coisas sao resolvidas de uma maneira calma.  As vezes quando  sinto que estou entrando no drama eu peço ao Espírito Santo para me ajudar a ver a realidade da situação.

Sem falha isto acontece.  Muitas vezes sou  relembrada que a pessoa está dormindo,  e que compaixão é o que devo estar sentindo em vez de raiva.  Outras vezes sou relembrada  a onde estou refletindo o meu passado, etc.

Existe uma passagem no texto do Um Curso em Milagres que diz que devemos segurar mentalmente a luz do nosso irmão até o dia em que ele possa fazer por si mesmo.  Isto é, devemos conscientemente afirmar que o nosso irmão é um Espírito cheio de luz e que no momento ele não se lembra porque seu ego é a parte predominante da mente.
Este pensamento me toca profundamente.  Porque me trás de volta a realidade.  Em vez de me sentir mais importante que o outro, mais espiritual,  sinto mais humildade porque sei como é difícil deixar o passado para trás.

O que estou ensinando parece ser muita coisa para praticar mas no fim é muito simples.  Faço isto automaticamente. 

 Aos pouquinhos meu mundo está mudando e desejo o mesmo para você.

Amém