17 de out de 2011

REALIDADE VS ILUSAO (SEGUNDA PARTE)




O meu último artigo foi sobre  Realidade vs Ilusão . Decidi continuar a conversa expandindo mais sobre o mundo real e o seu significado.

Uma das coisas que mencionei foi que existem duas maneiras de se ver este mundo em que vivemos.

Uma é através da mente egóica que ainda está carregando dentro de si muitas sombras e experiências do passado.

A outra maneira de ser ver este mundo é chamado de o mundo real.

Este mundo real não é a realidade do universo.  Ainda simboliza a percepção.  Mas esta maneira de se ver o mundo à nossa volta é diferente.  Sem carregar tantas mágoas, ódios, raivas, ressentimentos, enfim sem estar tão ligada as dores passadas, a visão muda.

Um mundo mais beneficente começa a ser visto através de uma percepção baseada no amor.

“O mundo real possui uma contrapartida para cada pensamento infeliz refletido no seu mundo; uma correção certa para as cenas de medo e para os sons de batalha que o seu mundo contém.”

Aos poucos usando o perdão como uma maneira de se limpar interiormente, não sentimos a necessidade de ver um mundo adversário, cheio de negatividade.

Em realidade começamos a vibrar em uma nova dimensão onde a compaixão e o amor começam a substituir os sentimentos de medo.

Este processo não acontece da noite para o dia.  Mas aos pouquinhos esta visão começar a ser uma realidade. 

“O mundo real é o símbolo de que o sonho do pecado e da culpa terminou e o filho de Deus não está mais dormindo.”

Este é um processo viável.  Posso com certeza testemunhar que esta possibilidade existe.  Como disse anteriormente, os meus dias são muito mais cheios de paz do que de conflito.

De alguma maneira o universo está começando a refletir o que penso internamente. E quando saio da paz para o conflito eu sinto o universo parando e esperando para me ajudar novamente.

Como uso este processo?  Peço todas as manhãs (às vezes me esqueço) para ver o dia a minha frente através da Sua visão.  Isto é, eu peço a parte divina dentro de mim que está sempre em contato com Deus, o Espírito Santo, que seja a parte de controle da minha mente.  Daí para frente os meus dias são muito mais tranquilos.  Isto nao quer dizer que os problemas nao existam mas o drama e removido e as coisas sao resolvidas de uma maneira calma.  As vezes quando  sinto que estou entrando no drama eu peço ao Espírito Santo para me ajudar a ver a realidade da situação.

Sem falha isto acontece.  Muitas vezes sou  relembrada que a pessoa está dormindo,  e que compaixão é o que devo estar sentindo em vez de raiva.  Outras vezes sou relembrada  a onde estou refletindo o meu passado, etc.

Existe uma passagem no texto do Um Curso em Milagres que diz que devemos segurar mentalmente a luz do nosso irmão até o dia em que ele possa fazer por si mesmo.  Isto é, devemos conscientemente afirmar que o nosso irmão é um Espírito cheio de luz e que no momento ele não se lembra porque seu ego é a parte predominante da mente.
Este pensamento me toca profundamente.  Porque me trás de volta a realidade.  Em vez de me sentir mais importante que o outro, mais espiritual,  sinto mais humildade porque sei como é difícil deixar o passado para trás.

O que estou ensinando parece ser muita coisa para praticar mas no fim é muito simples.  Faço isto automaticamente. 

 Aos pouquinhos meu mundo está mudando e desejo o mesmo para você.

Amém

Nenhum comentário: