28 de nov de 2011

ACIMA DO CAMPO DE BATALHA

Tenho certeza que cada um de nos tem uma passagem preferida no texto do Um Curso em Milagres.  Para mim uma das passagens mais bonitas, que me toca profundamente, se chama “Acima do campo de batalha”

Pensei em compartilhar estas idéias com vocês, mesmo sabendo que muitos já leram e usam estes ensinamentos nas suas vidas. Mas para aqueles que ainda não leram ou não estudam o Curso, espero que lhe ajudem.

O campo de batalha e a vida que vivemos.  Defesa e ataque. Participando no drama diário as vezes esquecemos que existe uma maneira de sair deste roda moinho.

Quando estamos dispostos a achar um caminho melhor para percorrer, este desejo e atendido.  Quando aos poucos começamos a nos desprender das idéias do passado, o universo começa a mostrar outros meios, outras maneiras de andar nesta estrada escolhida.

Quando aceitamos que o corpo e apenas um instrumento de comunicação,  que a realidade e imutável, que o amor pode substituir o medo, que existe uma outra maneira de se ver este mundo,  estamos no caminho certo.

Ver a vida “Acima do campo de batalha”  nos e oferecido pelo Espírito Santo, que a nossa parte divina, como uma opção.  Estar acima do campo de batalha significa que entendemos que existe esta opção.  Podemos participar da batalha, ou podemos ir para a montanha e olhar a batalha de um ponto mais alto. A nossa parte e reconhecer que existe uma outra saída.

Este e o reconhecimento de que, o que estávamos acostumados a participar sem pensar nas conseqüências, e apenas uma ilusão.  Podemos ver a futilidade desta luta constante que vivemos neste planeta.

A passagem que mais gosto e a seguinte: “ Quando a tentação de atacar surge para fazer com a que a tua mente se torne escura e assassina, lembra-te que podes ver a batalha do alto.  Mesmo em formas que não reconheças, os sinais tu conheces.  Ha uma punhalada de dor, uma pontada de culpa e acima de tudo, a perda da paz.  Isso conheces bem.  Quando essas coisas ocorrerem, não deixes o teu posto no alto, mas rapidamente escolhe um milagre em vez do assassinato (isto e, o ataque) E o próprio Deus e todas as luzes do Céu gentilmente irão inclinar-Se para ti, sustentando-te no alto.  Pois escolheste permanecer onde Ele quer que estejas e nenhuma ilusão pode atacar a paz de Deus junto com Seu Filho.”

O significado e muito simples.  Quando a pessoa começar a discernir a ilusão da realidade, se recusar a participar das raivas, da separação, da mediocridade espiritual, existe uma escolha.

Em termos psicológicos, o passado esta começando a perder a sua forca, abrindo uma porta para outra maneira de pensar e agir.

Lição #339 Receberei o que quer  que seja que eu peca.

"Ninguém deseja dor.  Mas pode pensar que a dor e prazer.  Ninguém quer evitar  a própria felicidade.  Mas pode pensar que a alegria e dolorosa, ameaçadora e perigosa.  Cada um recebera o que pedir.  Mas, de fato, pode ficar confuso quanto as coisas que quer e ao estado que almeja atingir.  Assim, o que pode ele pedir que ainda queira quando a receber? Pediu o que o assustara e lhe trará sofrimento.  Decidamos, hoje, pedir o que realmente queremos e nada mais para que possamos passar esse dia sem medo, sem confundir a dor com a alegria ou o medo com o amor."

Pai, esse e o Teu dia.  E um dia em que não quero fazer nada por mim mesmo, mas ouvir a Tua voz em tudo que eu fizer, pedindo apenas o que me oferecer, aceitando apenas os Pensamentos que compartilhas comigo.

Quando nos encontramos confusos, perdidos, sem saber que caminho percorrer ou mesmo quando nos sentimos certos do que estamos fazendo, precisamos parar e nos perguntar se estamos fazendo aquilo que e para o nosso bem.  O próximo passo e pedir ao nosso Ser, a parte direita da nossa mente ou ao Espírito Santo, que nos oriente.  Ou pedir diretamente ao Pai, para nos esclarecer e tomar conta do problema.

Como o Curso diz acima, estamos sempre sobre a influencia do passado.  Sem muitas vezes entender as razoes das nossas ações, estamos de alguma maneira repetindo o passado.  Por termos criado um sistema extremamente complexo dentro das nossas mentes, e muito difícil de se entender as razoes atrás de cada decisão, cada desejo. 

Mas a parte intocável, divina, sabia, pode nos orientar.  Mesmo quando ouvimos esta Voz, muitas vezes optamos pelo ego.  Quando isto acontece, estamos conscientemente escolhendo,  sabendo que vamos nos machucar com a decisão que tomamos.  Este e o poder do ego.
Mas com a pratica, se torna quase instintivo, pedir ao Espírito Santo para nos mostrar o caminho.  Eventualmente através da pratica e dos resultados, se torna mais fácil viver desta maneira.

AMOR

Hoje eu perguntei ao meu Ser o que deveria escrever no meu blog.  A resposta foi ...amor.
Como geralmente ouço a Sua voz , aqui estou eu escrevendo sobre amor. 

Amor tem sido sempre um assunto vasto.  Desde da Idade Media, quando os trovadores começaram a cantar musicas sobre o amor entre duas pessoas, o amor passou por uma transformação no Ocidente.  Em vez de o amor ser definido como uma causa religiosa, o amor passou a ser uma experiência entre dois seres.

Para o Um Curso em Milagres, existem dois níveis bem distintos.  O amor que sentimos sobre a influencia do ego e o amor universal que sentimos através do nosso Ser.

O amor pode nos levar ao céu ou ao inferno.  Pode nos levar a felicidade ou ao desespero.  O amor quando não e dado,  pode nos levar a um profundo sentimento de rejeição ou quando dado ou recebido sem condições, pode nos levar a realização da nossa alma.  Este amor e sempre dependente das circunstancias, das forcas externas.

Para o desenvolvimento espiritual e psicologico ocorrer,  temos que treinar a mente a perdoar aqueles que julgamos serem culpados das nossas dores e infelicidades, assim como aqueles que nos dão uma felicidade temporária.  O perdão, o instante santo, representa a sua rejeição do passado e a aceitação de que existe uma maneira melhor, mais justa de se ver a pessoa.

Quando formos capazes de olhar para um ser que pensamos ter nos ferido e vermos esta pessoa em toda a sua gloria, ao mesmo tempo reconhecendo que o presente e tudo que importa no momento, um grande milagre ocorreu.

A definição de amor dada pelo Curso e a seguinte “ e a essência de Deus, o relacionamento entre Ele e suas criações, que são eternas e imutáveis; alem de definição e ensinamentos,  que só podem ser sentidos  e reconhecidos uma vez que as barreiras criadas pela culpa possam ser removidas através do perdão.”

O perdão só pode ser dado quando reconhecemos que as pessoas que se aproximam de nos estão nos prestando um serviço, um ato de caridade.  Quando vemos os nossos irmãos desta maneira,  estamos finalmente entendendo que a razão da infelicidade que sentimos, são causados pela maneira como pensamos e as acusações que fazemos contra nos mesmos.

Existe sempre uma ressonância interna quando alguém se aproxima de nos.  Ao mesmo tempo, existe um pedido de ajuda vinda da pessoa que passa pelos nossos caminhos.
Quando ouvimos este pedido, (cry for help), a tendência e de julgar a situação e tentar ajudar a pessoa.   Neste caso a melhor solução e parar, chamar o Espírito Santo e pedir a Sua ajuda.

Quando pedimos ao Espírito Santo para mostrar o caminho para o nosso irmão, nos estamos em essência pedindo ajuda para nos mesmos, desde de que existe apenas um problema e uma solução para todos nos. De acordo com o Curso so existem duas emoções, o amor ou o medo.

Para crescermos espiritualmente, temos que treinar a mente a ver alem do que se apresenta diante de nos.

O Amor,  no nível do universo, precisa ser desbloqueado, elevado, refinado, para que eventualmente seja sentido .   A existência de conflitos, ressentimentos, antipatias, ódio, impedem de o amor vir a tona 

O amor une, revela, trata bem, sente compaixão, sente união, quer se expandir, quer abraçar a humanidade, fazer parte de um todo.  O amor que Deus nos deu, aceita as falhas do ser humano,  aceita que a vibração de amor esta acima dos conflitos existentes.

O amor quando permitido vir a tona, só quer o bem, ignora a malevolência, a pequenez e a mediocridade.  Quando o amor surge mesmo que seja por pouco tempo, a vida toma uma nova direção, um novo rumo. 

Mas para isto acontecer, temos que tomar responsabilidade por nossas ações, nossos pensamentos.  Acreditar que existe uma riqueza interna, capaz de nos elevar, de nos tirar destas lutas, dos dramas, para a luz.

A melhor maneira de se encontrar paz e meditando.  Outra maneira e escolher um santuário, de preferência, um lugar onde a natureza promove o sentimento de conexão com tudo e todos.  A energia que existe no universo esta a nossa volta, dentro de nos.  Quando aprendemos a unir a nossa energia com a do universo e da forca divina, nos fazemos parte de um todo, deixando a pequenez para trás.

Amem

13 de nov de 2011

RELACIONAMENTOS (MAGUAS E RESSENTIMENTOS)




Para o ser humano poder viver uma vida de estabilidade emocional ele precisa aprender a se relacionar com outros seres humanos.  Este processo só pode ocorrer quando ele começar a entender que suas reações em relação as outras pessoas e diretamente ligado a suas emoções.

Sejam as emoções positivas ou negativas,  a sua origem e sempre interna.  Uma das emoções mais negativas e a acumulação de ressentimentos e mágoas dentro de si e os efeitos destes sentimentos causam a longo prazo.

Manter ressentimentos causa o fortalecimento do ego.  Quando as mágoas tomam conta da nossa mente a divisão interna ocorre, causando uma forca difícil de se reprimir.

Qualquer que seja a razão do ressentimento,  o efeito e sempre o mesmo.  A percepção de isolamento,  de solidão, a luta para sobreviver num mundo difícil são uns dos resultados que a separação causa.

Enquanto estas emoções estão dominado a mente, o Ser  permanece quieto dentro de nos.  Se deixarmos, o ego toma conta da mente, achando cada vez mais pessoas e situações para dar vazão ao seu poder.

Quando isto acontece o sentimento de tristeza, de injustiça e imenso.  Nos sentimos sozinhos num mundo que parece cruel, cheio de pessoas que não nos compreendem ou nos aceitam.

Como podemos transformar esta maneira de pensar?

Mudando conscientemente a nossa maneira de reagir aos outros.  O primeiro passo e conscientemente pensar que todas estas emoções fazem parte da ilusão, que a única verdade e que somos um Ser.  Não existem mágoas ou ressentimentos para o Ser.   Somos todos ligados por uma luz radiante,  a energia do Amor.

Um dos exercício mais poderosos do Curso “O Amor não guarda mágoas” (68),  e imaginar todas aquelas pessoas que pensamos sentir mágoas, que provavelmente são todos que entramos em contato, como pessoas boas, amigas dispostas a nos dar amor.
Pense em cada uma delas como amigas. “Quero ver-te como meu amigo para que eu possa me lembrar que es parte de mim e vir a conhecer a mim mesmo.”

Lembre-se que tudo que vemos e uma projeção do que sentimos.  Todas as relações que carregam mágoas e ressentimentos, e uma reflexão dos sentimentos internos que carregamos.

Estando ciente do que fazemos, podemos aos poucos transformar este pensamento de separação para um de  união.   Imagine que mundo lindo podemos um dia ver, se todas os pensamentos que estão na sombra um dia se dissiparem.

Uma das maneiras que podemos encurtar o caminho que percorremos e praticando as lições do Curso.

Estas lições nada mais são do que um treinamento psicológico da mente.  Aos poucos as lições vão abrindo uma nova visão, uma nova maneira de pensar.

Toda vez que um julgamento vier a sua mente, um sentimento de mágoa surgir internamente, peca ao universo para lhe mostrar uma maneira diferente de ver a pessoa ou a situação.  Em vez de usar os mesmos pensamentos negativos que estamos acostumados para interpretar as situações,  abrimos uma outra possibilidade de ver a mesma situação de uma maneira mais positiva.

Em vez de bloquearmos uma outra alternativa para cada problema que pensamos ter,  começamos a fazer o oposto.

Temos que treinar a mente para pensar de uma maneira diferente.  Para isto existem muitos exercícios para se obter este estado.  Mudando a maneira como reagimos aos acontecimentos externos e um sinal que estamos mudando internamente.