7 de fev de 2012

ESCOLHA NOVAMENTE

Uma das passagens mais bonitas do Um Curso em Milagres se chama “Escolhe outra vez” no capitulo 31 do texto.

A escolha que o livro se refere  e sempre entre a parte divina que temos e a mente que aceita o corpo e suas limitações como sua identidade.  Esta escolha eh sempre uma oportunidade de se poder tentar novamente  a sair da ilusão criada.  

“as provações são apenas lições que falhastes em aprender apresentadas mais uma vez de forma que onde antes fizeste uma escolha faltosa agora possa fazer outra melhor e assim escapar de toda a dor que o que escolheste antes trouxe a ti.  Em toda dificuldade, toda aflição e a cada perplexidade, Cristo te chama e gentilmente diz: “Meu irmão, escolhe outra vez.”

A mensagem de que  existe uma outra escolha, que a oferta para se tentar novamente esta sempre presente, livra a mente do pensamento de culpa e punição. O sentimento de falha,  a sensação de finalidade, são substituídas por sentimentos de esperança e otimismo.

Mas a mensagem mais poderosa vem da certeza que não importa quantas vezes a pessoa tem que escolher, que eventualmente a luta contra a escuridão, o desanimo, a crença de que somos apenas um corpo vai perder a sua influencia.

Cada situação apresentada, cada desafio, e sempre uma oportunidade para que o ser humano possa mais uma vez avaliar os seus pensamentos e que tipo de mensageiros esta mandando ao mundo para que lhe mostre o que pensa internamente.

De acordo com os ensinamentos, a escolha e sempre entre a fraqueza e a forca interna.  Entendendo as fraquezas humanas, estes ensinamentos querem relembrar o estudante, que existe uma forca maravilhosa dentro de si, capaz de trazer paz e serenidade. 

“Eu sou como Deus me criou.  O Filho de Deus nada pode sofrer.  E eu sou o seu filho”

“Assim eh a forca de Cristo convidada para prevalecer substituindo todas as tuas fraquezas com a forca que vem de Deus que nunca pode falhar”


Estas palavras devem ser usadas todas as vezes que uma decisão esta sendo tomada, que uma escolha esteja sendo feita.  O propósito desta oração e chamar a parte divina internamente para auxiliar esta decisão.

A intenção destes ensinamentos e mostrar que o mundo de dor e tristeza e apenas uma ilusão criada pelo ser humano através de suas experiências passadas.  Estes pensamentos estão sempre relembrando que a imagem de fraqueza, de desanimo, de depressão, representam a totalidade da existência humana.

Treinar a mente a ver a sua forca interna, meditar nesta forca, orar para que esta forca esteja sempre a frente de suas ações, cria eventualmente uma confidencia inabalável.  Praticando esta maneira de pensar, vai aos poucos fortalecendo a sua parte divina.  Aos poucos se forma um habito perguntar ao universo, a sua forca interna que escolha cada ação feita.

Em um mundo onde a mente egoica prevalece, onde fala mais alto, eh necessário trazer a consciência, o pensamento que existe uma maneira melhor de se viver.

Mas esta escolha, para ser enforcada internamente tem que ser compartilhada com o próximo.  Compartilhando a bondade, amor, compaixão, generosidade, positividade e todas as emoções que existem dentro do divino, devem ser sempre divididas com os seus irmãos. 

Cada vez que se escolhe novamente, mais próximo do mundo oferecido pelo o universo aqui nesta terra vai se tornando uma realidade.  Quando operamos de um lugar de paz, de amor, a vida se transforma.  Onde existia o inferno, as emoções de raiva, desespero, agora existe uma comunhão com um mundo onde o amor e supremo.  Os dias começam a se tornar mais tranqüilos, mais serenos e internamente uma paz descende para substituir a ansiedade e dor.

Desejo que esta paz seja alcançada.

2 comentários:

Lena Rodriguez disse...

“Escolhe outra vez”... que interessante ler sua postagem hoje Barbara... A primeira pessoa que atendi hoje, chegou para mim e disse que não vinha para se consultar, que ainda não havia terminado o que lhe prescrevi em sua ultima avaliação e que havia marcado comigo essa hora, apenas para me dizer que havia "pecado", imagina a culpa... É um caso sério de adicção. Bem, entre outras coisas a primeira coisa que lhe falei é: vamos escolher outra vez.
Sempre podemos escolher outra vez!
“as provações são apenas lições que falhastes em aprender apresentadas mais uma vez de forma que onde antes fizeste uma escolha faltosa agora possa fazer outra melhor e assim escapar de toda a dor que o que escolheste antes trouxe a ti. Em toda dificuldade, toda aflição e a cada perplexidade, Cristo te chama e gentilmente diz: “Meu irmão, escolhe outra vez.”

Barbara Gielan disse...

Muito obrigada por ter compartilhado a sua experiência. Fico contente que você tenha dito a ela que existe sempre uma outra maneira de se pensar. A culpa e a projecao dos sentimentos escondidos no inconsciente e a ideia de pecado vem das religiões organizadas promovendo um Deus que esta sempre disposto a punir. E muito complicado, mas aos poucos nos vamos clarificando que isto nao e verdade. Um abraço carinhoso, Barbara