11 de set de 2011

O SIGNIFICADO DO PERDAO (PRIMEIRA PARTE)



O Um Curso em Milagres ensina que para realmente nos libertar da idéia do tempo e espaço  temos que aprender a pensar de uma maneira diferente para transcender a mente.
Para conseguir fazer isto temos que aprender a  usar a mente de uma maneira diferente da que estamos acostumados até agora.  
Quando influenciados pelo  ego a mente opera em um nível diferente de quando a mente está sob a influência do seu Ser.  Estando ciente disto já é um grande passo para o avanço espiritual. 
O princípio mais importante para este avanço espiritual é o do perdão.
Do ponto de vista do ego, a função do perdão é absolver a pessoa de algum  ato feito contra o outro. De alguma maneira a pessoa foi julgada culpada.
Quando a pessoa encontra dentro de si a capacidade de perdoar o outro, o que realmente está se passando é que esta pessoa está dizendo ao outro que apesar dele ter cometido um ato errado, ele será perdoado.  Aquele que perdoa se sente de alguma maneira ofendido pela ação do outro.  Depois de muita reflexão, geralmente a pessoa decide ser magnânima e de alguma forma decide sobrepujar os sentimentos de mágoa e perdoar a pessoa “ele é culpado mas eu o perdôo”
Fazendo isto duas coisas acontecem.  A primeira mensagem é que dizemos a nós mesmos que somos vulneráveis e que qualquer um pode nos atacar.  A segunda mensagem é  a de que a pessoa cometeu um ato agressivo e é culpado.
Esta percepção de vulnerabilidade vem das nossas experiências passadas, das mensagens que recebemos no decorrer das nossas vidas.  O ego está sempre pronto a nos mostrar como somos vulneráveis, fracos e susceptíveis as ações de outras pessoas.
Sem saber estamos projetando  este medo, esta insegurança aos outros.   Quando alguém comete um erro, nós o consideramos culpado.  No entanto a raiz dos problemas está realmente dentro de nós.  A ressonância  de alguma coisa feita externamente a nós acontece quando acreditamos ser verdade.
Imagine por um momento que exista outra possibilidade de se pensar. 
Sobre a influência do seu Ser, você é perfeito.  Simplesmente isto.  Perfeito.  Não existe dentro de si a possibilidade de ser vulnerável.  Você é feito a imagem da perfeição do universo.  Nada pode lhe afetar.  Ninguém na sua perfeição pode cometer um erro.  Não existem erros neste universo perfeito, onde a harmonia é total.
Onde existe a perfeição não existe lugar para mágoas, dor, em resumo não existe o medo, apenas o amor.
Como podemos conseguir este estado de iluminação? Aos poucos.
Treinando a mente a pensar de uma maneira diferente.  Estar ciente que o que carrega dentro de si é resultante do passado.
A pessoa que cometeu o erro de acordo com sua maneira de ver, está apenas lhe relembrando que existe uma parte de si que está sensível as forças externas.
O que temos que fazer em primeiro lugar é pensar que somos invulneráveis.  Apenas temos que descobrir dentro de nós a onde pensamos ser fracos.
Hoje em dia o que faço quando me sinto atacada  é perguntar ao universo, ou ao Espírito Santo que me ajude a entender a onde estou presa ao passado para me sentir desta maneira.  Porque de alguma forma estou trazendo para os meus caminhos pessoas que me mostrem a onde estou me sentindo vulnerável.  Através da espiritualidade  estou aos poucos trazendo a luz para todos aqueles problemas do passado.   Isto não quer dizer que preciso ficar perto de alguém que me agride ou comete atos de violência.  Neste caso não precisamos fisicamente ficar perto de uma pessoa que ainda está espiritualmente adormecida.  Mas precisamos entender que de alguma maneira estamos chamando estas pessoas para os nossos caminhos. 
O que faço e perdoar a pessoa porque quando perdoo alguém o que realmente esta acontecendo e que estou perdoando a mim mesma.  Aceito que no momento penso assim porque ainda estou sobre a influência do ego, mas que, aos poucos, estou saindo de sua influência.  Aceito a responsabilidade de como penso, ao mesmo tempo me trato com amor.  Assim fazendo, aos poucos o passado vai perdendo a sua importância e as dores causadas pelas experiências vividas começam a ser vistas de uma maneira mais saudável. 
De acordo com os ensinamentos do Curso nada acontece nas nossas vidas por acaso.  Perdoando a nós mesmos é o primeiro passo para a nossa progressão espiritual.
Assim fazendo, um dia podemos transcender a mente, elevá-la a um lugar onde a perfeição existe para todos nós. Transcendendo a mente vivemos em eternidade em vez de tempo e espaço.
Voltarei a falar sobre o perdão por ser  a chave do crescimento psicológico e espiritual para todos nós.
Amem.

Nenhum comentário: